segunda-feira, 30 de novembro de 2009

NOVOS CONSELHEIROS REPRESENTANDO AS A´REAS ARTÍSTICAS EM 2010

CONSELHO MUNICIPAL DE CULTURA
**********************************************
Itajaí, 20 de novembro de 2009

"Há Homens que lutam um dia e são bons,
há outros que lutam um ano e são melhores,
há outros que lutam muitos anos e são muito bons, mas
há aqueles que lutam toda vida e esses são imprenscindíveis" (B. Brecht)

Quero lembrar-lhes que todos os conselheiros das áreas artísticas serão substituídos a partir de janeiro, pois o mandato dos atuais c encerra em dezembro (2008 a 2009).

Caros colegas conselheiros do COMUC/Conselho Municipal da Cultura de Itajaí para sua ação e exercício da representação segundo prevê a Seção IV do Cap. II do Regimento Interno do COMUC, é função da representação e da área artística realizar eleições, escolhas de representantes para o COMUC.
Caros colegas artistas, educadores, gestores, grupos e associações, legisladores, produtores artísticos e culturais e cidadãos... para sua ciência e participação do processo, cobrando dos seus representantes eleitos em 2008.

MEMORIAL

Em 14 de janeiro de 2008 aconteceram reuniões de todas as áreas na Casa da Cultura, coração da arte e cultura da cidade, e foram escolhidos pela maioria, entre indicações e candidaturas, duas (2) representações para compor o COMUC/Conselho Municipal de Cultura, como conselheiro titular e conselheiro suplente, empossados em 06 de fevereiro de 2008 (anexo convocação de posse)
Este ano devido à troca de governo, outros conselheiros assumiram e prosseguiram o trabalho da gestão anterior.
Este movimento acontece ainda em 2009 para evitar a interrupção nas reuniões do COMUC e discussões, e há ainda todos os processos que envolvem a lei Municipal de Incentivo à Cultura.
Assim os novos conselheiros podem assumir na primeira reunião no mês de janeiro e retomar as atividades inteirados dos processos de construção de 2008/2009 e das muitas questões que são os desafios do Conselho.
Todos os coletivos de cultura necessitam fortalecer sua presença nas ações do governo e constituir legítima representação dos interesses da arte e da cultura na/da cidade.
Durante os processos desencadeados pela Conferência Nacional de Cultura, que passaram pela Conferência Municipal e Estadual, o coro baixo da CMC que nos permitiu apenas 3 delegados, sendo 5 eixos de discussão. Observei que esse é um desafio que outras cidades e seus coletivos enfrentam e necessitam solucionar para construção de dias melhores para a Arte e Cultura.
Os conselheiros fiquem a vontade para convocar reuniões das áreas que representam e promover eleições para os novos conselheiros.
Aproveito para comunicar a chamada para eleição da área de Literatura...

Lembremos não há representante sem representado...
cada um tem função no processo e ambos são importantes...

Reunião Literatura
PAUTA
Eleição de 1 Conselheiro titular e 1 suplente para representar a Literatura Conselho Municipal de Cultura/COMUC (2010 – 2011)
Data: 01/12/2009
Local: Sala de Grupos do SESC Itajaí
(av. Marcos Konder em frente ao campo do Marcílio Dias)

Horário: 19:00 horas
por gentileza, divulgue e repasse se puder a interessados neste processo...
**********************************
Se considerarem interessantes repassem aos seus representados algumas informações que preparei para a eleição de Literatura:

Sobre atribuições do COMUC/ Conselho Municipal de Cultura de Itajaí (ler Regimento Interno do COMUC – revisto 2009)

Sobre composição do COMUC (ler Capítulo II do Regimento Interno do COMUC)

Atual composição COMUC/2009 (ler decreto de nomeação/2009 com permanência dos eleitos pelas áreas em janeiro de 2008 empossados em 06/02/08)

Para tomar ciência das responsabilidades dos conselheiros que serão eleitos devem cumprir (ler Seção IV do Cap. II do Regimento Interno do COMUC)

Para os grupos que possuem Câmara SetoriaL?
“O que são as Câmaras Setoriais? São órgãos consultivos vinculados ao governo, no caso de Itajaí, à Fundação Cultural. Os objetivos principais são: diagnosticar e construir referenciais éticos, técnicos e estéticos para a criação de estratégias e políticas públicas que objetivam o desenvolvimento da Cultura e da Arte no país.
O Projeto do Conselho Nacional de Política Cultural (CNPC) apresentou o Projeto de implantação das Câmaras Setoriais de Cultura em todas as regiões do país, no iniciou em 2003, consolidado em 2004 e 2005 como espaço de articulação dos Artistas e Produtores Artístico-Culturais e diálogo com o Ministério da Cultura.
Em Itajaí, a Fundação Cultural de Itajaí implantou em 2005 as Câmaras Setoriais: de Música, Teatro, Dança, Artes Plásticas, Literatura, Audiovisual e Culturas Populares. Desde então as Câmaras Setoriais tem representante no COMUC/Conselho Municipal de Cultura, que este deixou de ser consultivo e passa a ser deliberativo.

A partir da experiência dos 2 anos como conselheira elegi alguns perfis que podem ser considerados:

* disposição para 2 anos de trabalho voluntário à arte e cultura;

*disposição de tempo para freqüentar as reuniões do COMUC que acontecem 1 ou 2 noites por mês (em 2009 às segundas-feiras das 18:30 às 20:00hs.)

*não ter interesses partidários ou parciais para não vincular/comprometer o coletivo com disputas partidárias, nas defesas dos interesses dos seus representados;

*pessoa conhecedora e atuante na área que pretende representar;

* disposição para estudo das políticas públicas e dos materiais vindos do MINC/FCC, para que suas intervenções nas reuniões do COMUC possam contribuir com os processos do coletivo;

*disposição a comunicar e compartilhar informações importantes para o desenvolvimento da área que representa através de mails e/ou outros;

* disposição para consultar e/ou informar o coletivo quanto às suas intervenções nas reuniões do COMUC;

* disposição para realizar proposições durante as reuniões do COMUC priorizando os interesses do coletivo que representa;

*******************************
PARTICIPE... NÃO SE OMITA...
EXERÇA SEUS DEVERES...
EXIJA SEUS DIREITOS...

Abraço e até...

Cláudia Regina Telles
Representação de Literatura no Conselho Municipal de Cultura de Itajaí
Secretária do COMUC - ago. a dez. 2009 (voluntária)
comuc.itajai@gmail.com
comucconselhomunicipalculturaitajai.blogspot.com/

Participe da Reunião COMUC 07/12/09 ajude a compor a PAUTA

CONSELHO MUNICIPAL DE CULTURA
*****************************************************

Itajaí, 27 de novembro de 2009


Venho através desta solicitar sugestões de pauta para reunião do COMUC de dezembro de 2009, última reunião do ano e deste mandato, que acontecerá na segunda-feira dia 07/12/09 às 18:30 horas, o local será informado juntamente com a pauta... até 5ª feira.

Eleição dos novos conselheiros da classe artística e cultural
Alterações na Lei Municipal de Incentivo à Cultura deliberadas na reunião de abril/2009
Avaliação do trabalho do COMUC mandato 2008 - 2009

“Todo o poder emana do povo, que o exerce por meio de representantes eleitos ou diretamente, nos termos desta Constituição.”

e outras que você julgar importantes...
participe...
não se omita...
exerça deveres...
direitos de cidadania...

Att.

Cláudia Regina Telles
Representação de Literatura no Conselho Municipal de Cultura de Itajaí
Secretária do COMUC - ago. a dez. 2009 (voluntária)
comuc.itajai@gmail.com
comucconselhomunicipalculturaitajai.blogspot.com/

Musical ImaginaSom “Percussão multimídia” celebra em Itajaí Ano França Brasil



Musical ImaginaSom “Percussão multimídia”

com Cyril Hernandez (França)

Data: 01/12/2009 (TERÇA-FEIRA)

Local: Auditório do Porto de Itajaí

Horário: 20h

ENTRADA FRANCA

APOIO CULTURAL: Porto de Itajaí



Ano da França no Brasil apresenta:

Sobre o artista:
Cyril Hernandez é percussionista, intérprete, improvisador e compositor. Seus projetos artísticos trazem sempre um questionamento do espaço e do corpo. A arte de Hermandez sofre influências de variados estilos musicais e performáticos: desde a música clássica, com os pianistas Nelson Freire e Martha Argerich, até a música contemporânea, com Nicolas Frize, ou ainda a improvisação, com Bernard Lubat, passando pela música pop com Emilie Simon.
Como percussionista, o artista já tocou para performances dos dançarinos Loïc Touzé, Julia
Cima, Olivia Grandville. Ele compõe regularmente também para o teatro, já tendo trabalhado com Augusto Boal, Thierry Bédard, Jean-Luc Terrade e Gilles Bouillon.
Entre os seus principais trabalhos, destacam-se Soli Mobiles-Solo Frappé, um solo de percussão e multimídia criado na França em 2003, e Multiples de deux um espetáculo protoformal criado no “La Villette” de Paris, em 2005.
A partir de 2006, o artista começa a dedicar-se totalmente à pesquisa com performances em
espaços públicos, realizando assim três instalações sonoras para um percurso de arte
contemporânea em “Vallée du Lot”.
Contemplado com a bolsa « Villa Médicis Hors les Murs », ele esteve no Brasil entre os anos
de 2007-2008, estreitando seus conhecimentos sobre a sociedade e a cultura brasileiras.
Entre seus trabalhos realizados no Brasil, destaca-se a apresentação do espetáculo
"Passarela de ImaginaSom, a convite da Aliança Francesa, em Campo Grande, Zona Oeste do
Rio. O projeto seguiu com a exposição de mesmo nome que ficou em cartaz durante um mês
no Parque das Ruínas, em Santa Teresa. Recentemente, o artista foi a atração internacional convidada para o 13° Encontro Nacional de Teatro de Rua de Angra dos Reis.

Setor de Cultura
SESC-Itajaí-SC
Fone: (47)3349-4096 / 9946-3388

postage secretaria COMUC

sábado, 28 de novembro de 2009

Pré-Conferência Setorial de Artes Visuais

Dia 30/11, próxima segunda-feira, o coordenador das Pré-Conferências Setoriais das áreas ligadas à Funarte, Sr. Marcelo Gruman, estará em Brasília para debater uma minuta de portaria que estabelece o regulamento para todas as Pré-Conferências e disciplina o processo eleitoral para escolha dos membros dos Colegiados Setoriais.
Essa minuta será subsídio para o fechamento do regimento interno das Pré-Conferências das áreas ligadas à Funarte, assunto que será tratado em reunião no dia 1º/12.



Entendemos que a definição desta metodologia servirá como orientação na escolha dos representantes estaduais. No entanto, o Centro de Artes Visuais da Funarte sugere que os estados já mobilizados continuem discutindo os próprios meios a serem adotados para a sua eleição local de representantes.


Atenciosamente,


Ricardo Resende

Diretor do Centro de Artes Visuais da Funarte

www.anpap.org. br
____________ _________ _

01/12/09 ELEIÇÃO NOVOS REPRESENTANTES LITERATURA PARA COMUC/Conselho Municipal de Cultura de Itajaí



Câmara Setorial Literatura Itajaí
************************************************************
Itajaí, 20 de novembro de 2009

Colegas escritores, editores, poetas, educadores, leitores amantes da palavra, da escrita e comunidade itajaiense...

Reunião Câmara Setorial de Literatura de Itajaí

PAUTA

Eleição de 1 Conselheiro titular e 1 suplente para representar a Literatura Conselho Municipal de Cultura/COMUC (2010 – 2011)
Data: 01/12/2009



Os presentes receberão um livro Cruz e Souza Simbolista: Broqueis, Faróis, Últimos Sonetos, um jornal “O Catarina”, que consegui com a FCC.

Local: Sala de Grupos do SESC Itajaí
Horário: 19:00 horas

Este movimento acontece ainda em 2009 para evitar a interrupção nas reuniões do COMUC e discussões, e há ainda todos os processos que envolvem a lei Municipal de Incentivo à Cultura.
Assim os conselheiros podem assumir no primeiro mês do ano e retomar as atividades inteira dos processos de construção de 2008/2009 e das muitas questões que são os desafios do Conselho, que como todos os coletivos de cultura precisam fortalecer suas presenças nas ações do governo e constituir legítima representação dos interesses da arte e da cultura da cidade.
Durante os processos desencadeados pela Conferência Nacional de Cultura, que passaram pela Conferência Municipal e Estadual, o coro baixo da CMC que nos permitiu apenas 3 delegados e a não participação da delegação Estadual da CNC de 2010. A participação de poucas pessoas vinculadas á literatura na Conferência Municipal, reflete na ausência de políticas públicas para área.
Não há representante sem representados...
Observei que esse é um desafio que outras cidades e seus coletivos enfrentam e necessitam solucionar para construção de dias melhores para a Arte e Cultura
A representação da Literatura é uma pequena engrenagem deste mecanismo, mas a inexpressiva participação dos delegados da área da literatura revela a ausência dos fazedores da literatura do cotidiano dos processos de construção das políticas públicas, na cidade não é diferente, mas pode ser diferente.

**********************************
Enquanto representante de Literatura (2008-2009) vivenciei e aprendi muito sobre muitas questões e cresci outro tanto com os processos sofridos durante este período, agora é preciso que outras pessoas possam assumir a função.
Por experiência e reflexão sugiro que alguns perfis sejam considerados:
*disposição de tempo para freqüentar as reuniões 1 ou 2 noites por mês;
*não ter interesses partidários ou parciais para não vincular/comprometer o coletivo com disputas partidárias, nas defesas dos interesses dos seus representados, já que pertencer a partidos é razão de simpatia e antipatia gratuita, uma característica da cidade;
*pessoa atuante na área literária ou em algum dos seus processos;
* disposição para estudo das políticas públicas e dos materiais vindos do MINC/FCC para que suas intervenções possam contribuir com os processos do coletivo;
*disposição a comunica e a compartilhar informações importantes para o desenvolvimento da área que representa (já foram criados mecanismos como: e-mail/Orkut/BLOG)
* disposição para consultar e/ou informar o coletivo quanto às suas intervenções nas reuniões do COMUC;

Algumas informações:
Sobre atribuições do COMUC/ Conselho Municipal de Cultura de Itajaí (ler Regimento Interno do COMUC – revisto 2009)

Sobre composição do COMUC (ler Capítulo II do Regimento Interno do COMUC)

Atual composição COMUC/2009 (ler decreto de nomeação/2009 com permanência dos eleitos pelas áreas em janeiro de 2008 empossados em 06/02/08)

Para tomar ciência das responsabilidades dos conselheiros que serão eleitos devem cumprir (ler Seção IV do Cap. II e Cap. VII do Regimento Interno do COMUC)

*******************************

Situação da Câmara Setorial Literatura de Itajaí
E nesta reunião precisamos rever a situação da Câmara Setorial Literatura de Itajaí? Formação e núcleo, grupo e/ou outro?? Qual forma de organização funciona para agregar e promover discussões para incremento e desenvolvimento das políticas públicas para literatura?

Que ações desejamos ver realizadas e quem pode contribuir neste processo?]

Para os novos anexados ao mailing da Câmara Setorial literatura (ler anexo sobre O que são as Câmaras Setoriais? que elaborei e enviei em março de 2008)

“O que são as Câmaras Setoriais?
São órgãos consultivos vinculados ao governo, no caso de Itajaí, à Fundação Cultural. Os objetivos principais são: diagnosticar e construir referenciais éticos, técnicos e estéticos para a criação de estratégias e políticas públicas que objetivam o desenvolvimento da Cultura e da Arte no país.
O Projeto do Conselho Nacional de Política Cultural (CNPC) apresentou o Projeto de implantação das Câmaras Setoriais de Cultura em todas as regiões do país, no iniciou em 2003, consolidado em 2004 e 2005 como espaço de articulação dos Artistas e Produtores Artístico-Culturais e diálogo com o Ministério da Cultura.
Em Itajaí, a Fundação Cultural de Itajaí implantou em 2005 as Câmaras Setoriais: de Música, Teatro, Dança, Artes Plásticas, Literatura, Audiovisual e Culturas Populares. Desde então as Câmaras Setoriais tem representante no COMUC/Conselho Municipal de Cultura, que este deixou de ser consultivo e passa a ser deliberativo.
Escritores, poetas, leitores encontram-se todo 5º dia útil do mês na Casa do Conto com o objetivo é construir um espaço de informação, discussão e difusão das políticas públicas em Literatura, concursos literários, textos que contribuam na formação continuada dos escritores, poetas e leitores; sintonizando-os com o que acontece em todo país e no mundo. (enviado em 01 de março de 2008 via mail a escriotres, poetas,leitores, educadores...)

Representação da Literatura no Conselho Municipal de Cultura de Itajaí
Cláudia Regina Telles
camarasetorialliteraturaitajai@gmail.com
comuc.itajai@gmail.com

“7º Encontro da Diversidade” é atração do Teatro Municipal neste sábado 28/11



A Tríade Cia. de Dança de Rua, juntamente com a APAE de Itajaí, estará promovendo neste sábado (28), às 19h30, o “7° Encontro da Diversidade”, que irá comemorar os 10 anos da Tríade Cia. de Dança de Rua e os 40 anos da APAE Itajaí. Os ingressos estão à venda no valor de R$ 14,00 (inteira) e R$ 7,00 (meia) para estudantes e terceira idade. Quem levar um quilo de alimento não perecível, também paga metade.

No espetáculo “7º Encontro da Diversidade”, o público presente irá prestigiar as coreografias renomadas da Tríade, dos grupos do Projeto Tríade, Programa Emancipar da Secretaria de Educação de Itajaí e Creche Divino Espírito Santo, e ainda os grupos da APAE entre outros grupos convidados da região. As apresentações fecham com chave de ouro o ano de 2009 para as entidades.

Fonte - www.fundacaoculturaldeitajai.com.br

terça-feira, 24 de novembro de 2009

Pier e Vila revivem antigas casa comerciais de Itajaí...

O número de escalas [42] confirmadas para a cidade nesta temporada supera em 133% o volume de atracações registrado na temporada passada [com 18 escalas em Itajaí]. Já o número de passageiros deve crescer 72,1%. Serão aproximadamente 52,23 mil visitantes, ante os 30,35 mil passageiros registrados na temporada 2008/2009.

Para atender a este aumento de demanda e garantir o conforto da tripulação e passageiros que aportam em Itajaí, a Autoridade Portuária realiza uma série de investimentos na melhoria e ampliação da atual infraestrutura do seu Píer Turístico. Para esta temporada já estão em fase de conclusão as obras de alargamento da plataforma de acesso e da primeira etapa do terminal de passageiros, com 491 metros quadrados, além das reformas no espaço utilizado como sala de embarques, anexo às instalações da Secretaria de Turismo de Itajaí.

A segunda etapa, que será executada no próximo ano e concluída até a temporada 2010/2011, prevê a ampliação em mais 1,1 mil metros quadrados. O projeto engloba a edificação de sala de espera [com 564 lugares], mais salas de embarque e desembarque, área destinada à alfândega, check-in e áreas de apoio. Ainda serão feitos investimentos em equipamentos, a exemplo de detectores de metais, aparelhos de raio x para bagagens e esteiras para embarque e desembarque de cargas, além de finger [passarela para ligar o navio ao terminal].

Receptivo – Além do que, a melhoria na infraestrutura do Píer, parceria entre o Poder Público e iniciativa privada, possibilitou a construção de uma cidade cenográfica na Praça Vidal Ramos, em frente ao Píer. O antigo casario da cidade está sendo reproduzido para comportar ícones do passado: o Café Democrático, o Restaurante Pau do Meio, a Garapeira do Japonês, a Sorveteria Dois Irmãos e o famoso Bar da Trude, reduto dos marinheiros e da boemia da cidade, todos numa espécie de praça de alimentação. A cultura português-açoriana estará representada por um engenho de farinha, pratos típicos e apresentações do folclore.

A praça vai ter ainda uma arena coberta para apresentação de shows com artistas nacionais e locais. Uma passarela denominada Itajaí do Amanhã vai exibir em painéis uma visão futurista da cidade. Já ao lado da Igreja da Imaculada Conceição, um recinto de exposições vai abrigar uma espécie de feira dos municípios, uma vitrine das cidades de Santa Catarina, o Espaço Catarina, em que vão se revezar, apresentando suas manifestações culturais, produtos e serviços.

Retorno garantido – A Diretora de Promoção e Divulgação da Secretaria de Turismo de Itajaí, Valdete Campos, destaca a importância do turismo de cruzeiros para Itajaí. “Além de divulgarmos o potencial turístico de Itajaí e região, a atividade alavanca os setores de comércio e prestação de serviços”, avalia a diretora. Já o diretor comercial do Porto de Itajaí, Robert Grantham, diz que, além dos recursos decorrentes das taxas portuárias, os mais de 50 mil visitantes tendem a movimentar a economia local.

Estudos do Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur) indicam que um passageiro de cruzeiros gasta entre US$ 100 e US$ 150 por dia em terra, em comércio e prestação de serviços. Com o desembarque de 50 mil passageiros na cidade na temporada 2009/2010, o município deverá movimentar mais de US$ 5 milhões [cerca de R$ 10,2 milhões], somente em decorrência da atividade.

Já o Prefeito de Itajaí mostra-se muito satisfeito com as ações do poder público na melhoria das instalações do Píer e da Secretaria de Turismo, “bem como do apoio da iniciativa privada no esforço conjunto de bem receber o turista que nos visita e que, por certo, levará daqui uma ótima impressão, o que se refletirá num aumento do fluxo futuro de transatlânticos”.

Infraestrutura – O Píer Turístico de Itajaí foi o primeiro terminal exclusivo para passageiros de transatlânticos do Brasil em operação. É alfandegado e suas atuais instalações estão localizadas no Centro Histórico de Itajaí [fora da área do porto mercante]. Conta com dolfins de atracação e de amarração, terminal de passageiros, plataformas de embarque e desembarque, salas para a administração, Receita Federal e Polícia Federal e toda a infraestrutura básica necessária para atender os navios que aportam na cidade.

Texto: SECOM

fonte: Renata Furlanetto
Jornalista DRT SC 02836-JP
FCI - Fundação Cultural de Itajaí
(47) 3349-1516
(47) 9911-7765
www.fundacaoculturaldeitajai.com.br

Postagem secretaria COMUC

25 de novembro: Conferência Estadual de Cultura



25 de novembro: Conferência Estadual de Cultura

Inscrições abertas para delegados, observadores e convidados

O Ministério da Cultura (MinC) realizará, de 11 a 14 de março de 2010, em Brasília, a II Conferência Nacional de Cultura. O Texto-base da conferência servirá de subsídio para os debates relacionados ao temário, Eixos e Sub-eixos identificados no Regimento Interno da II CNC, que foi aprovado pelo Conselho Nacional de Política Cultural (CNPC) no dia 14 de abril, em reunião extraordinária ocorrida na capital federal.

Os municípios tiverão até 31 de outubro para realizarem as suas conferências municipais e/ou intermunicipais e os estados têm prazo até 15 de dezembro para promoverem as conferências no âmbito estadual.

Em Santa Catarina, a Conferência Estadual será realizada em 25 de novembro, das 9h às 18h, no auditório da Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (FIESC), Rodovia Admar Gonzaga, 2765, bairro Itacorubi, em Florianópolis, conforme a Portaria nº. 36/099, publicada no Diário Oficial do Estado de 21 de agosto de 2009.

A conferência terá a coordenação da Secretaria de Articulação Institucional do Ministério da Cultura (SAI/MinC) e contará com apoio de uma Comissão Organizadora Nacional e um Comitê Executivo, que serão instituídos e terão como membros representantes das secretarias e vinculadas do MinC, CNPC, órgãos e instituições parceiros convidados.

Os principais temas a serem desenvolvidos estão apoiados em cinco eixos:

- Produção Simbólica e Diversidade Cultural, focado na produção de arte, promoção de diálogos interculturais, formação no campo da cultura e democratização da informação;

- Cultura, Cidade e Cidadania, voltado às cidades como espaço de produção, intervenção e trocas culturais, garantia de direitos e acesso a bens culturais;

- Cultura e Desenvolvimento Sustentável, que discutirá a importância estratégica da cultura no processo de desenvolvimento;

- Cultura e Economia Criativa, que abordará a economia como estratégia de desenvolvimento; e

- Gestão e Institucionalidade da Cultura, que visa o fortalecimento da ação do Estado e da participação social no campo da cultura.

Mais informações referentes à convocatória da Conferência, bem como a íntegra do regimento interno e outros documentos, estão disponíveis no site da II CNC (http://blogs.cultura.gov.br/CNC).

II CONFERÊNCIA ESTADUAL DE CULTURA
DATA: 25 DE NOVEMBRO DE 2009
CIDADE: FLORIANÓPOLIS
LOCAL: FEDERAÇÃO DAS INDÚSTRIAS DE SANTA CATARINA – FIESC
Rodovia Admar Gonzaga, 2765 – Itacorubi - Florianópolis – SC - (48) 3231-4100

PROGRAMA OFICIAL
08:00 - 12:00 hs – Credenciamento*
09:00 - 09:30 hs - Solenidade de abertura
09:30 - 10:15 hs - Conferencia de abertura “Cultura, Diversidade, Cidadania e Desenvolvimento”
10:30 - 12:30 hs - Grupos de trabalho por eixo – sessão 1
12:30 - 13:30 hs – Intervalo – Programação Cultural
13:30 - 14:00 hs – Lançamento do Edital Cine Mais Cultura
14:00 - 16:00 hs - Grupos de trabalho por eixo – sessão 2
16:00 - 18:30 hs - Plenária – validação das propostas e eleição de delegados para a II CNC
* O credenciamento é obrigatório para delegados, convidados e observadores e será feito no período matutino.
MODERADORES :
EIXO: I - PRODUÇÃO SIMBÓLICA E DIVERSIDADE CULTURAL
MODERADOR: LEONE SILVA
EIXO: II - CULTURA, CIDADE E CIDADANIA
MODERADOR: RAFAEL PEREIRA OLIVEIRA
EIXO: III - CULTURA E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL
MODERADOR: MARIA TERESA COLLARES
EIXO: IV - CULTURA E ECONOMIA CRIATIVA
MODERADOR : ARMANDO APPEL
EIXO: V - GESTÃO E INSTITUCIONALIDADE DA CULTURA
MODERADOR: SILVESTRE FERREIRA
(FCC, 24/11/2009)

XI Cidade Revelada acontece 25, 26 e 27 de Novembro de 2009



XI Cidade Revelada na cidade de Itajaí, trata-se de um congresso que já se encontra em sua 11ª edição, tendo alcançado durante os encontros grandes resultados e reunido profissionais de todo o Brasil e de outros países.
A temática norteadora do XI Cidade Revelada este ano é “Preservando Identidades Culturais”, cujo objetivo é estimular o sentimento de cidadania e sensibilizar o público para a importância da preservação e disseminação do patrimônio cultural.



O evento que será realizado nos dias 25, 26 e 27 segue detalhes...

Programação

25/11
8h às 8h30 - Credenciamento - UNIVALI: Auditório do curso de Farmácia, Bloco 17, piso térreo
8h30 às 9h15 - Abertura Oficial e Apresentações Culturais
9h15 às 10h30 - Conferência “Mecanismos de Fomento para Preservação do Patrimônio Cultural”
Conferencista: Prof. Roberto Gomes do Nascimento. Bacharel e Licenciado em Ciências Biológicas , com Especialização em Ecologia/UFRJ; MBA em Administração de Empresas/Instituto COPPEAD de Administração/UFRJ; é Secretário de Incentivo e Fomento à Cultura do Ministério da Cultura/DF
10h30 às 10h45 - Coffee break
10h45 às 12h - Tour “Patrimônio Cultural de Itajaí” (ônibus no portão lateral do bloco do curso de Farmácia)
13h30 às 14h30 - Conferência “Patrimônio arqueológico e a cidade: potencialidades e desafios”
Conferencista: Profª. Drª. Dione da Rocha Bandeira. Graduada em Ciências Biológicas/UFSC; Mestre em Antropologia Social/UFSC; Doutora em História/UNICAMP/SP; é Arqueóloga no Museu Arqueológico de Sambaqui de Joinville; Professora de Antropologia dos cursos de Turismo e Nutrição do IELUSC; Professora convidada do mestrado interdisciplinar Patrimônio Cultural e Sociedade da UNIVILLE/SC
14h45 às 15h45 - Comunicações
15h45 às 16h - Coffee break
16h às 18h - Comunicações
18h30 às 19h30 – Conferência “Patrimônio Cultural: os Caminhos das Tropas em Santa Catarina”
Conferencista: Arqº. Fabiano Teixeira dos Santos. Graduado em Arquitetura e Urbanismo/UNISUL/SC; Mestrando em História pela Universidade de Passo Fundo/RS; é Chefe da Divisão Técnica da Superintendência do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional em Santa Catarina

26/11
8h às 10h - Oficinas
10h às 10h15 - Coffee break
10h15 às 12h - Oficinas
13h30 às 15h30 - Comunicações
15h30 às 15h45 - Coffee break
15h45 às 18h30 - Comunicações
19h às 20h30 - Conferência “A Valorização do Patrimônio Cultural no Vale do Rio Pelotas, SC/RS: o projeto UHE Barra Grande”
Conferencista: Profª. Drª. Ana Lúcia Herberts. Licenciada em Estudos Sociais/Universidade de Santa Cruz do Sul/RS; Mestre em História/Universidade do Vale do Rio dos Sinos/RS; Doutora em História das Sociedades Ibéricas/PUC/RS; Doutora (SWE), Laboratoire d’Archéologie et Territoire do Centro Interdisciplinar “Villes, Territoires, Environnements et Société” (CITERES)/Université François Rabelais/Tours/França; é Diretora Científica da Scientia Consultoria Científica Ltda

27/11
8h às 10h - Oficinas
10h às 10h15 - Coffee break
10h15 às 12h - Oficinas
13h30 às 15h45 - Comunicações
15h45 às 16h - Coffee break
16h às 17h - Conferência “Preservação e Desenvolvimento no Brasil”
Conferencista: Prof. Dalmo Vieira Filho. Graduado em Arquitetura e Urbanismo/UFPR; Especialista em Conservação e Restauro de Sítios e Monumentos Históricos/UFBA/IPHAN/UNESCO; Possui cursos de Extensão e Especialização na Alemanha e Portugal; Professor do Curso de Arquitetura e Urbanismo/UFSC; Arquiteto e Técnico em Patrimônio Cultural do IPHAN; é Diretor do Departamento de Patrimônio Material e Fiscalização do IPHAN/DF
17h – Encerramento e Apresentações Culturais

Oficinas

1 - ”Acervos Arqueológicos: Preservação e Educação”
Ministrante: Profª. Drª. Ana Lúcia Herberts.
2 - “Valorização do Patrimônio Histórico através da Iluminação”
Ministrante: Arqª. Gabriela Radaelli da Silva. Graduada em Arquitetura e Urbanismo/UNIDERP/MS; Pós-Graduada em Iluminação e Design de Interiores/IPOG/SC
3 - “Restauro em Pintura Mural”
Ministrante: Profª. MSc. Ewa Hamsa Jureczko-Weber. Graduada em Conservação e Restauro de Belas Artes/Academia de Belas Artes “Jan Matejko”/Cracóvia/Polônia; Mestre em Restauração de Pintura em Madeira, Tela e Policromia em Parede/Academia de Belas Artes “Jan Matejko”/Cracóvia/Polônia
4 - ”Turismo, Cultura e Patrimônio: Múltiplos Olhares
Ministrante: Profª. MSc. Elisiane Dondé Dal Molin: Bacharel em Gestão do Lazer e Eventos; Mestre em Turismo e Hotelaria/Universidade do Vale do Itajaí/SC; faz parte do quadro de oficineiros do Instituto Brasileiro de Museus (IBRAM); participa do Programa de Capacitação do Governo do Estado de Santa Catarina em Restauração de Bens Móveis (Obras de Arte)
Obs.: Todas as oficinas terão certificados com carga horária de 8h
Locais
Conferências 25/11: UNIVALI - Rua Uruguai, 458, Centro. Auditório do curso de Farmácia, Bloco 17, piso térreo
Conferências 26 e 27/11: UNIVALI - Rua Uruguai, 458, Centro. Auditório do curso de Medicina, Bloco 24A, 2° andar
Comunicações: UNIVALI - Rua Uruguai, 458, Centro, Bloco 24A e 24C
Apresentações de Painéis: UNIVALI - Rua Uruguai, 458, Centro, Bloco 24A e 24C
Oficinas:
1 - Laboratório de Arqueologia do Museu Etno-Arqueológico de Itajaí - Av. Itaipava, 3901 - Itaipava. Obs.: Haverá transporte até o local, com saída às 7h30, em frente à Reitoria da UNIVALI, e retorno às 12h
2 - UNIVALI - Rua Uruguai, 458, Centro, Bloco 24A
3 - Museu Etno-Arqueológico de Itajaí - Av. Itaipava, 3901 - Itaipava. Obs.: Haverá transporte até o local, com saída às 7h30, em frente à Reitoria da UNIVALI, e retorno às 12h
4 - Museu Histórico de Itajaí - Palácio Marcos Konder - Rua Hercílio Luz, 681, Centro


Trabalhos Aprovados

Apresentação Oral:


NOME TÍTULO DO TRABALHO
Miriam Teresinha Pinheiro ANÁLISE DAS FORMAS DE VALORIZAÇÃO E UTILIZAÇÃO DO PATRIMÔNIO HISTÓRICO-CULTURAL: MATERIAL DE ITAJAÍ PELA ATIVIDADE TURÍSTICA E AS POSSIBILIDADES DE OTIMIZÁ-LAS
Cristiane Valladares de Azevedo IDENTIDADE RURAL E TURISMO: RURALIDADES E AGRICULTURA FAMILIAR UM JEITO SIMPLES DE VIVER
José Henrique de Castilho Júnior RIO ANTIGO: RECANTOS E ENCANTOS PARA O TURISMO HISTÓRICO-CULTURAL NA CIDADE DO RIO DE JANEIRO
Fernanda Codevilla Soares ANALISANDO O REGISTRO COMO FORMA DE PRESERVAÇÃO DO PATRIMÔNIO ARQUEOLÓGICO DE SANTA CATARINA
Fernanda Codevilla Soares ARQUEOLOGIA HISTÓRICA EM SÃO FRANCISCO DO SUL: ESTUDO PARA ELABORAÇÃO DO PLANO DE PRESERVAÇÃO/IPHAN/SC
Ivan Carlos Serpa ARQUEOLOGIA DA MEMÓRIA: TECENDO RELAÇÕES ENTRE MEMÓRIA E HISTÓRIA
Ivan Carlos Serpa PESQUISANDO A HISTÓRIA DO MEU BAIRRO: HISTÓRIA, CULTURA E CIDADANIA NO MUSEU ETNO-ARQUEOLÓGICO DE ITAJAÍ
Jaqueline Ap. M. Zabarto Schmitt O PATRIMÔNIO CULTURAL IMATERIAL EM SÃO JOSÉ: ANALISANDO AS HISTÓRIAS, MEMÓRIAS DE PROFESSORES AFRO BRASILEIROS NO MUNICÍPIO DE SÃO JOSÉ.
Bruna Michels DINÂMICA DAS CIDADES: O “URBANISMO” NA IDADE MODERNA
Ricardo Machado e Darlan Jevaer Schmitt PATRIMÔNIO EM MOVIMENTO: HISTÓRIA, MEMÓRIA E CIDADE
Marcelo Pereira Seixas ARTE PÚBLICA EM FLORIANÓPOLIS: INVESTIGAÇÕES INICIAIS
Gisele Lutk Santos REMEMORA II
Isackson Luiz Cavilha A PARTICIPAÇÃO DOS ÍNDIOS GUARANI DE CONQUISTA E SUAS REPRESENTAÇÕES SOCIAIS E PRÁTICAS NO PROCESSO POLÍTICO ELEITORAL BRASILEIRO
Silvia Sasaki e Michele Gonçalves Cardoso A MÃO QUE SAI DA TERRA, OS DEDOS QUE HIERARQUIZAM: O MONUMENTO ÀS ETNIAS COMO ESPAÇO DE PRESERVAÇÃO DA IDENTIDADE ÉTNICA CRICIUMENSE
Marcus Vinícius Bona Negri SIMBOLOGIAS MACÔNICAS NAS FACHADAS DA CIDADE DO RIO GRANDE
Jezuina Kohls Schwans FATOS E RELATOS: AS TRANSFORMAÇÕES DA CASA DA BARONESA – PELOTAS/RS – EM UM SÉCULO DE HISTÓRIA
Yussef Daibert Salomão de Campos. A NOVA LEI ROBIN HOOD EM MINAS GERAIS E A INCLUSÃO DO BEM CULTURAL INTANGÍVEL
Yussef Daibert Salomão de Campos. PATRIMÔNIO IMATERIAL E MEMÓRIA COLETIVA EM MINAS GERAIS


Marco Antonio Figueiredo Ballester Júnior INVENTÁRIO DO POETA MARCOS JOSÉ KONDER REIS
Luís Américo Silva Bonfim TERRITÓRIOS DA RELIGIOSIDADE: UM ESTUDO ETNOGRÁFICO DAS ARTES E CELEBRAÇÕES VOTIVAS CONTEMPORÂNEAS DO NORDESTE ORIENTAL DO BRASIL
Maria Lucia Araújo Mendes Carvalho DIAGNÓSTICO E RESULTADOS DE UM ENFOQUE SUSTENTÁVEL NO TRATAMENTO DE PATOLOGIAS PARA RESTAURAÇÃO DAS PINTURAS MURAIS DO SALÃO NOBRE DA FACULDADE DE MEDICINA DA BAHIA
Mara Lúcia Carrett de Vasconcelos e Andréa Lacerda Bachettini PATRIMÔNIO E RESTAURO: A RECUPERAÇÃO DAS PINTURAS MURAIS DO THEATRO GUARANY – PELOTAS/RS
Bernardo Brasil Bielschowsky PRESERVAÇÃO DO PATRIMÔNIO INDUSTRIAL DA CIDADE DE BLUMENAU/SC
Julia Massucheti Tomasi DOS POLONESES AOS ALEMÃES, DOS ITALIANOS AOS UCRANIANOS: OS TREZE CEMITÉRIOS DO “PROJETO ROTEIROS NACIONAIS DE IMIGRAÇÃO” COMO BENS CULTURAIS PRESENTES NOS DIVERSOS GRUPOS ÉTNICOS ESTABELECIDOS EM SC
Moysés Marcionilo de Siqueira Neto DAS LEIS ÀS PRÁTICAS DE PRESERVAÇÃO: UMA ANÁLISE CRÍTICA DO PATRIMÔNIO CULTURAL TOMBADO EM PERNAMBUCO
Moysés Marcionilo de Siqueira Neto SOB O VÉU DO TOMBAMENTO: UM DEBATE SOBRE MEMÓRIA E SILÊNCIO NAS POLÍTICAS DE REPRESENTAÇÃO
Tomás Mendes da Silva PROBLEMATIZANDO A PRESERVAÇÃO DO PATRIMÔNIO HISTÓRICO NA CIDADE DO RIO GRANDE/RS
Ronaldo Ortiz Cunha O PAPEL DA UNIVERSIDADE EM AÇÕES CONJUNTAS COMPREFEITURAS VISANDO À VALORIZAÇÃO DE BENS CULTURAIS COM CRITÉRIOS PARA RESTAURAÇÃO E PRESERVAÇÃO
Cláudia Regina Telles UM ROSTO EMERGE DA ESCURIDÃO DO ESQUECIMENTO
Darlan Pereira Cordeiro SIMEÃO: UM NOVO ROSTO NA GALERIA DE BUSTOS DO MUSEU HISTÓRICO DE ITAJAÍ
Dagoberto Coelho EDUCAÇÃO PATRIMONIAL NO MUSEU ETNO-ARQUEOLÓGICO DE ITAJAÍ: O BOI DE BARRO

Fernando Roberto de Castro Veado RESGATE DAS TECNICAS CONSTRUTIVAS E A IMPORTÂNCIA DOS MATERIAIS REMANESCENTES
Ruth Cristina Sanabria Dendia DIAGNÓSTICOS DE PROBLEMAS PATOLÓGICOS MANFESTADOS EM FACHADAS HISTÓRICAS
Luiz Pinheiro da Guia e Vinícius Cláudio Andrade Flores O USO DE NOVAS TECNOLOGIAS A FIM DE RESGATAR A MEMÓRIA HISTÓRICA E FABRICAÇÃO DO LADRILHO HIDRÁULICO

Luiz Pinheiro da Guia, Rayana Gueli Tomaz Silva e Agnes Rodrigues Tobias ESTUDO E EMPREGO DO ADOBE COMO TÉCNICA CONSTRUTIVA DE BAIXO CUSTO

Virginia Gomes de Luca REVITALIZAÇÃO DO PATRIMÔNIO EDIFICADO E ESPAÇO PÚBLICO
Virginia Gomes de Luca VILA DOS ENGENHEIROS: FRAGMENTOS DO IDEÁRIO MODERNISTA EM CRICIÚMA/SC

Natália Biscaglia Pereira ESTUDO DO DESEMPENHO TÉRMICO DE VEDAÇÕES VERTICAIS DE EDIFICAÇÕES HISTÓRICAS: ANÁLISE DA CATEDRAL METROPOLITANA DE FLORIANÓPOLIS
Maria Lucia Araújo Mendes de Carvalho METODOLOGIA PARA ENFOQUE SUSTENTÁVEL DO DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO DE PATOLOGIAS EM EDIFÍCIO HISTÓRICO: O CASO DO SALÃO NOBRE DA FACULDADE DE MEDICINA DA BAHIA

Carolina Valente de Oliveira e Mariana Soares RESTRIÇÕES GERADAS NA ACESSIBILIDADE PELO TOMBAMENTO DE UMA EDIFICAÇÃO. ESTUDO DE CASO: CATEDRAL METROPOLITANA DE FLORIANÓPOLIS
Carlos Egídio Alonso e Maria Fernanda Freira Luis GÊNESES E IDENTIDADE CULTURAL DO BAIRRO HIGIENÓPOLIS – SÃO PAULO

Sérgio Castello Branco Nappi e Manuela Marques Lalane INFLUÊNCIA DA GRANULOMETRIA DA CAL VIRGEM EM ARGAMASSAS DE RESTAURO
Sérgi Castello Branco Nappi e Manuela Marques Lalane PROJETO DE RESTAURO DO CALABOUÇO E DA CASA DA GUARDA DA FORTALEZA SÃO JOSÉ DA PONTA GROSSA

Apresentação Painél:

NOME TÍTULO DO TRABALHO
Jaqueline Posser Gallina O MOVIMENTO DO TROPEIRISMO NO EXTREMO SUL CATARINENSE E A DETERMINAÇÃO DE UM PRODUTO TURÍSTICO CULTURAL REGIONAL
Vanessa Correia BOI DE MAMÃO “CULTURA VIVA EM ITAPEMA”

Moysés Marcionilo de Siqueira Neto REPRESENTAÇÃO E SILENCIO NAS POLÍTICAS DE PRESERVAÇÃO DA MEMÓRIA: REPENSANDO A CASA-MUSEU MESTRE VITALINO
Jezuina Kohls Schwanz MEMÓRIA, CULTURA E INCLUSÃO SOCIAL: CONHECENDO O MUSEU MUNICIPAL PARQUE DA BARONESA ATRAVÉS DA EDUCAÇÃO
Yussef Daibert Salomão de Campos. A PERCEPÇÃO MATERIAL DO PATRIMÔNIO INTANGÍVEL

Luís Américo Silva Bonfim UM ESBOÇO CLASSIFICATÓRIO DAS PRÁTICAS VOTIVAS NO NORDESTE ORIENTAL DO BRASIL

Cláudia Regina Telles UM ROSTO EMERGE DA ESCURIDÃO DO ESQUECIMENTO
Tomás Mendes da Silva ARQUEOLOGIA E HISTÓRIAS DO RIO GRANDE/RS
Fernando Roberto de Castro Veado RESGATE DAS TÉCNICAS CONSTRUTIVAS COM ÊNFASE NAS PAREDES DE TAIPA DE PILÃO, ADOBE E PAU-A-PIQUE E A IMPORTÂNCIA DOS MATERIAIS TRADICIONAIS NA REABILITAÇÃO DO PATRIMÔNIO EDIFICADO


www.cidaderevelada.itajai.sc.gov.br
cidaderevelada@itajai.sc.gov.br

segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Programação Literatura SESC



MARATONA DE LEITURA

Período: 23-27/11/2009

Local: SESC-ITAJAÍ

Horário de início: 19h – 22h

LIVRO: Matéria de Poesia (Manoel de Barros)



As Pessoas de Minha Pessoa

Datas:27, 28 e 29/11

Local: Museu Histórico de Itajaí

Horário: 21h

Atuação: Valentim Schmoeler / Direção: Rafael Orsi de Melo

Apoio Cultural: SESC-Itajaí

Sinopse:

“Viver não é necessário, o que é necessário é criar”

A vida e da obra do maior poeta do século XX, Fernando Pessoa, e seus heterônimos mais famosos são colocados em cena. O camponês, auto didata, poeta da natureza e seu grande mestre, Alberto Caeiro. Álvaro de Campos, sendo modernista, futurista, sensacionalista, se mostra revoltado em seus poemas. Coma sabor de clássico, vem o erudito Ricardo Reis, do paganismo e das odes horacianas. Fernando foi um grande criador de mitos, viveu vários deles, durante seu tempo... Poeta e Filósofo, assim se definia. Porém o mundo Literato o define como: moderno e clássico, nacionalista e místico, revolucionário, materialista e panteísta. “Um criador de Anarquias”

“Tudo vale a pena se a alma não é pequena”



BAÚ DE HISTÓRIAS

Histórias Daqui e de Lá
As Meninas do Conto (SP)

Data: 28/11 – sábado

Faixa etária: de 5 a 11 anos
Duração: 50 minutos

Local: SESC – ITAJAÍ (Av. Marcos Konder, 888)

Horário de início: 16H

Sinopse:

“Histórias Daqui e de Lá” é o novo espetáculo do Grupo As Meninas do Conto, que há quinze anos pesquisa a arte do contador de histórias. O grupo tem reconhecimento tanto do público como da crítica e já recebeu diversos prêmios por seus trabalhos.
O espetáculo “Histórias Daqui e de Lá” reúne diversos contos populares do mundo inteiro. Nele, duas contadoras narram as histórias utilizando objetos, figurinos e adereços trazendo ao público o aspecto lúdico da narração. O espetáculo é entremeado por músicas, brincadeiras e suaves pontuações percussivas.

Setor de Cultura
SESC-Itajaí-SC
Fone: (47)3349-4096 / 9946-3388

Conferência Estadual de Cultura, que acontece em Florianópolis no dia 25 de novembro



CONSELHO MUNICIPAL DE CULTURA
*****************************************************

Itajaí, 20 de novembro de 2009

O Conselho Municipal da Cultura de Itajaí, convida os delegados/representação da 2ª Conferencia Municipal de Cultura de Itajaí/2009 e toda comunidade para tomar ciência do relatório da 2ª Conferencia Municipal de Cultura de Itajaí 21/10/2009, dos documentos com as propostas elaboradas pelos grupos.
O encontro é preparatório para a Conferência Estadual de Cultura, que acontece em Florianópolis no dia 25 de novembro
A reunião acontece dia 23 de novembro de 2009, no às 18:00 horas, na sala de grupos do SESC.
São bem vindos todos os interessados em contribuir com mais este processo de construção...

Atenciosamente,

Cláudia Regina Telles
Representação de Literatura no Conselho Municipal de Cultura de Itajaí
Secretária do COMUC - ago. a dez. 2009 (voluntária)
comuc.itajai@gmail.com
comucconselhomunicipalculturaitajai.blogspot.com/

sábado, 21 de novembro de 2009

bate papo sobre Câmara Brasileira de Jovens Escritores com Ricrdo Steil

Câmara Setorial Literatura Itajaí
************************************************************
Itajaí, 20 de novembro de 2009

Olá, colegas!
Fernando e Cláudia, assim na ultima hora em conversa telefônica, resolvem realizar encontrar com Ricardo Steil, para um bate papo que estamos há muito para fazer e não vínhamos conciliando horários e datas, e resolvemos efetivar... e compartilhar a oportunidade com você...
Ricardo irá nos contar sobre a experiência da Câmara Brasileira de Jovens Escritores, através da qual publicou vários livros e participou de coletâneas.



A foto é de um jovem escritor participante da Câmara Brasileira de Jovens Escritores utilizo-a como ilustração do sentimento de lançamento de livro que ele exibe. O livro “Eu Sou Mais Veneno que Paisagem” (70 páginas, Editora Câmara brasileira de Jovens Escritores).

O encontro pode ser interessante para todos que desejam publicar e os que se vêem impossibilitados pela captação dos recursos aprovados em leis e outros

Quando? Amanhã sábado (21/11/09)
HORÁRIO? 17:OO horas
Onde? Rua Treze de Maio, 85 (Rua da Rainha das Peças, entre o Ed. Portinari e o CIEE)
Centro – Itajaí – SC
Contato - (47) 9159-4220

Sobre Ricardo Steil

Ricardo Steil (pronuncia-se: estel) nasceu em Itajaí, Santa Catarina, a 02 de julho de 1978. Desde a infância mostrou interesse pela literatura — aos oito anos escreveu seu primeiro livro. Três anos depois — leitor assíduo de contos policiais — dá início a uma tetralogia tendo por enfoque a Guerra Fria.
Parte da sua vida foi dedicada exclusivamente a romances voltados para área infanto-juvenil.
O reconhecimento de crítica e público ocorreu em 2007 com a publicação do fragmento do romance-manifesto Pequeno Mosaico das Neuroses do Homem Contemporâneo — em construção — na antologia Uma História No Seu Tempo. Nesta pequena mostra do seu trabalho, podemos ver os pilares da chamada Escola Psicológica – do qual é fundador/idealizador. O autor ainda faz parte do que se denominou por Geração Vazia (grupo de escritores que não se enquadram no naturalismo da Geração 90, nem fazem parte da Geração Pós-Tudo).
No ano seguinte ocorre a publicação de outros contos: Chá Para Dois — considerado, o primeiro conto da Escola Psicológica publicado —, Daquele Amor: Capítulo Final e Amanhã Quem Sabe Você e Eu (este último voltado para área infanto-juvenil).
No dia treze de fevereiro de 2009, participa do sarau literário La Revolution — no Píer Café Bar. Neste encontro, apresenta o poema: Sei Do Teu Novo Amor. Dois meses depois — após seletiva contendo quase 5.000 inscrições —, o mesmo é escolhido para integrar o livro: Os Mais Belos Poemas de Amor (Edição 2009), ao lado de outros dois autores itajaienses: José Wilmar Pereira e Geremias Moretto.
Na primeira semana de abril, a revista literária Sopa de Siri (edição nº 92) publica o poema: Amor Em Três Atos. Neste mês ainda, o autor é entrevistado pela CBJE, onde discursa sobre sua carreira, projetos futuros e o atual quadro literário nacional. Em junho é publicado: O Livro de Ouro da Poesia Brasileira Contemporânea (Edição 2009), onde participa com o poema: As Quatro Estações.
No dia 27 de julho de 2009 lança pela Casa dos Autores o livro: Purviance (Impressões Cinematográficas), onde reúne parte dos seus artigos sobre cinema escritos especialmente para o site Cinemaclássico — o maior do Brasil voltado para o cinema clássico — e o blog: Purviance, Chaplin, Cinema e Solidão.
Setembro marca também sua segunda participação na revista literária Sopa de Siri (edição nº 97), com o artigo: A Importância de Crepúsculo Para Esta Geração. Em outubro participa da antologia: Poemas Dedicados com a poesia Bagagem. Neste mês é agraciado com a Estrela de Ouro pela Câmara Brasileira de Jovens Escritores, visto seus dois poemas: Sei do Teu Novo Amor e As Quatro Estações terem ultrapassado mais de cinqüenta mil leituras on-line.
No segundo semestre de 2010 está previsto o lançamento pelo Clube dos Autores de sua primeira peça teatral, intitulada: Quarta-feira.
Músico e compositor têm no currículo cd gravado com sua antiga banda chamada LAC no ano de 2001, intitulado: The Love To Us Apart.

Trabalhos Publicados

Uma História No Seu Tempo
Contos Fantásticos Volume 11
Elo de Palavras
Contos Fantásticos Volume 18
Os Mais Belos poemas de Amor (Edição 2009)
Livro de Ouro da Poesia Brasileira Contemporânea (Edição 2009)
Purviance (Impressões Cinematográficas)
Poemas Dedicados (Edição 2009)
Sobre O Amor e Outras Histórias

No blog do COMUC vejas nas postagens programações culturais de 21 a 28 de novmebro/2009

Representação da Literatura no Conselho Municipal de Cultura de Itajaí
Cláudia Regina Telles
camarasetorialliteraturaitajai@gmail.com

ENCONTRO DA DIVERSIDADE

As Pessoas de Minha Pessoa

Texto e Poesias de Fernando Pessoa

“Viver não é necessário, o que é necessário é criar”



Um homem pode ter suas várias personalidades distintas sobrepostas por máscaras. Ele pode até esconder-se ou expressar-se por meio de algumas delas através de pseudônimos ou até mesmo através de suas várias maneiras de interpretar o mundo em sua volta. Pra um em especial, essas várias facetas de si mesmo eram tão reais quanto ele próprio. A densidade de suas criações tangia a realidade.
Dentre as muitas pessoas que o maior poeta do século XX, Fernando Pessoa, criou pode-se destacar o erudito, clássico e de uma singular maneira de retratar paisagens em suas odes horacianas, Ricardo Reis; o modernista, futurista, sensacionalista e de uma revoltosa maneira de escrever seus poemas, Álvaro de Campos; o camponês autodidata, poeta da natureza e seu grande mestre, Alberto Caeiro.
Fernando foi um grande criador de mitos, viveu vários deles, durante seu tempo. Definia-se poeta e filósofo, porém o mundo literato o define como moderno, clássico, nacionalista, místico, revolucionário, materialista e panteísta. “Um criador de Anarquias”
A vida e a obra do poeta português que ultrapassou os limites de seu amado país conquistando o mundo, e seus heterônimos mais famosos são colocados em cena.

“Tudo vale a pena se a alma não é pequena”

Atuação: Valentim Schmoeler
Direção: Rafael Orsi de Melo
Dias: 27,28 e 29 de novembro de 2009
Local: Museu Histórico de Itajaí – Rua Hercílio Luz – Itajaí
Horas: 21h.
Ingresso: R$ 20,00 - Meia R$ 10,00
Platéia Máxima: 30 lugares.

Venha ao Mercado Público de Itajaí neste início de verão...o ponto mais fresco do sul...



Programa da semana

:: Quinta - PROJETO MARQUES - Ao Vivo
Dia 19 de novembro – a partir das 21:00
:: SexTalento com BETAO ex Estatura Mediana - Ao Vivo
Dia 20 de novembro – a partir das 21:00

SÁBADO NO MERCADO
:: Sábado - 12h - Encontro Mercado
Dia 21 de novembro – Pratos da Fátima e MPB ao Vivo
Projeto Encontro Mercado - Fundação Cultural de Itajaí convida
Magrão se apresenta no Encontro Mercado deste sábado

Com 39 anos de experiência na área musical, Carlos Magrão é a atração deste sábado (21), no Encontro Mercado. O músico leva um pouco da boa música, principalmente MPB, aos visitantes do Centro de Cultura Popular, o Mercado Velho, das 12h às 16h.

Um dos amantes da MPB, inclusive com participação em gravações de CD’s de músicos locais e nacionais, Carlos Magrão faz apresentações em bares e festas em que é convidado.

Evidenciando a música de qualidade, o Encontro Mercado recebe todos os sábados músicos para apresentarem a famosa música popular brasileira, com uma variada programação para todos os gostos. Sendo ainda uma forma de oportunizar visibilidade aos músicos de Itajaí e região para mostrarem seus talentos.

Além da boa música e do encontro entre amigos, o público pode apreciar ainda a tradicional gastronomia baseada em frutos do mar e o artesanato que destaca a cultura açoriana.

fonte: www.fundacaoculturaldeitajai.com.br

:: Sábado - 22h -21 Nov - YELLOW BOX
Saturday rOck Night

Couvert artístico. Capacidade 110.

Nosso cardápio inclui as Porçöes "da Fátima", Bolinho de Bacalhau, Peixe e Siri. Camaráo Greguinha. Polentinha, Mandioquinha, Fritas. Assados Esfirra de Carne e Empada de Camaráo. Tábua de frios, caldinho de feijão. Vinhos, Cachaças Especiais e cervejas made in Brasil.
Sábado no almoço pratos especiais.

Reservas e informaçöes 3045-6316 / 9985-5754 / 9617-4871

quinta-feira, 19 de novembro de 2009

Tríade Cia de Dança de Rua completa 10 anos de atividades



Neste sábado (21) o grupo “Tríade Cia. de Dança de Rua” fará um grande espetáculo em comemoração a uma década de dança. O evento inicia às 20h, no Teatro Municipal de Itajaí. Toda a comunidade Itajaiense está convidada a prestigiar o trabalho do grupo que encanta o público por onde passa.

No dia 14 de agosto, o grupo Tríade completou 10 anos de um trabalho sério junto as crianças e jovens da cidade. O grupo mantém parceria com a Secretaria Municipal de Educação, por meio do contraturno escolar, totalizando sete grupos paralelos que atingem cerca de 230 dançarinos.

Em 2005 foi fundada a Associação de Dança Tríade, com o intuito de organizar os grupos que fazem parte do Projeto, podendo assim buscar mais recursos junto ao poder público e privado para dar continuidade ao trabalho que vem sendo realizado.

Em 2006, foi conquistado o título de utilidade pública de itajaí, concedido pela Câmara dos Vereadores. O ato foi visto como um reconhecimento do trabalho por levar a arte da dança de rua às crianças e jovens de Itajaí.

Conforme o diretor e coreógrafo, Paulo Gelinsky, além da dança o grupo ainda mostra às crianças que na vida é preciso ter responsabilidade, comprometimento, disciplina, respeito, amizade. "Força, humildade e união, este é nosso lema", completa.

Os grupos Sênior e Júnior conquistaram neste ano de 2009 vários prêmios como primeiros lugares no 19º Festival Mery Rosa e no 8º Festival Internacional Hip Hop, além do segundo lugar nas categorias Trio Sênior e Grupo Júnior no maior festival de dança do mundo, o 27º Festival de Dança de Joinville. No final de semana passado, a Tríade conquistou em Blumenau, no 7° Blumenau em dança, 2° Lugar no Solo Sênior, 1° Lugar no Solo Adulto, 1° Lugar no Trio Sênior, 1° Lugar no Conjunto Júnior, 1° Lugar no Conjunto Sênior, Melhor dançarino do festival e Melhor Grupo do festival.


Texto: Marina Assis – Jornalista Secretaria de Educação

Exposição “Escritas Femininas: dos bordados às agendas”



da artista Cláudia Regina Telles
Abertura no dia 18 de novembro às 18:00 horas
no Espaço Sesc de Arte - SESC/Itajaí
Av. Marcos Konder, 888 – Centro



Escritas Femininas: dos bordados às agendas

“um cruzamento de iconografias na superfície plana da representação”

O Trabalho de Cláudia Regina Telles encontra na pintura apenas uma de suas possibilidades de encarnação, na medida em que toda sua vida é entendida como uma construção de expressões subjetivas potencializadas como linguagem. (...) E assim acontece o trabalho que apresenta no Pretexto: um cruzamento de iconografias na superfície plana da representação.

(texto do catálogo Pretexto Pintura – Itajaí/2007)

Fernando Lindote (artista premiado, membro da AAPLASC/Assosciação de Artistas Plásticos de Santa Catarina, entidade que reúne os mais expressivos artistas de nosso estado, consultor do SESC)

A exposição fica disponível até dia 18 de dezembro de 2009
das 08:00 às 21:00 horas


Confira outros trabalhos da artista através do Orkut
e/ou no blog - www.cláudiareginatelles.blospot.com

Apoio - Setor Cultura do SESC/Itajaí

segunda-feira, 16 de novembro de 2009

Grupo Porto Cênico agora com Espetáculo de Rua em repertório:

- Rounin -

O conceito do espetáculo nasce de uma figura histórica específica do Japão Medieval: os Rounins, que podem ser definidos como samurais sem senhores a servir. ROUNIN trata da história de um performer-estátua-samurai que decide abandonar sua posição de homem-estátua e executar um ato de heroísmo, atendendo um pedido de socorro tenta limpar as ruas de monstros que assolam a cidade. Rounin está mais para um anti-herói do que um herói propriamente dito, decorrente de uma realidade em que não encontra seu lugar. O espetáculo faz uso de elementos tradicionais em trabalhos performáticos de rua, como o performer-estátua, bonecos gigantes e arte performática. Neste espetáculo os bonecos-gigantes são feitos com luz, gerados através de projetor digital..

Confira o clipe em http://www.youtube.com/watch?v=607FBREAmOA

Informações, fotos e ficha técnica em www.rounin.com.br


:::Grupo Teatral Porto Cênico:::
www.portocenico.com.br
portocenico@portocenico.com.br
47 9163 4855 ::: 47 8406 0019

domingo, 15 de novembro de 2009

SEMANA CONSCIENCIA NEGRA 15 a 20 novembro



“Um rosto emerge da escuridão do esquecimento”



Exposição de Fotografias e textos de Cláudia Regina Telles, registros do processo de confecção do Busto de Simeão, pelo artista itajaiense, Silvestre João de Souza Júnior.

A exposição tem curadoria da equipe do Museu Histórico de Itajaí e acontece durante a entrega do Busto de Simeão também no dia 20 de novembro de 2009, as 15:30 horas, no Museu Histórico, dentro programação da V Semana da Consciência Negra tem por tema: “A Valorização e o Reconhecimento da Cultura Negra”

As fotografias e textos contam sobre a pesquisa iconográfica, sobre a modelagem em argila e os acabamentos do Busto. Simeão, escravo pertencente ao Coronel Agostinho Alves Ramos, que refez com pedras e tijolos em 1834 a primitiva capela começada em 1823, à beira do Rio Itajaí-Açu, atual Igrejinha Imaculada Conceição de Itajaí ou Igrejinha Velha, como carinhosamente é chamada.

V Semana da Consciência Negra , “A Valorização e o Reconhecimento da Cultura Negra” faz uma homenagem ao artífice construtor

Postagem - Cláudia Regina Telles


Canto das três raças
(Mauro Duarte e Paulo César Pinheiro)

Ninguém ouviu um soluçar de dor
No canto do Brasil.
Um lamento triste sempre ecoou
Desde que o índio guerreiro
Foi pro cativeiro e de lá cantou.

Negro entoou um canto de revolta pelos ares
No Quilombo dos Palmares, onde se refugiou.
Fora a luta dos inconfidentes
Pela quebra das correntes.
Nada adiantou.

E de guerra em paz, de paz em guerra,
Todo o povo dessa terra
Quando pode cantar,
Canta de dor.

E ecoa noite e dia: é ensurdecedor.
Ai, mas que agonia
O canto do trabalhador...
Esse canto que devia ser um canto de alegria
Soa apenas como um soluçar de dor

Valorizar e reconhecer a cultura afro-descendente é o objetivo da V Semana da Consciência Negra.



Entre as novidades desta edição está o I Seminário Municipal sobre Consciência Negra, promovido pela Fundação Genésio Miranda Lins e ministrado pelo Profº Dr. Rossano Lopes Bastos. O seminário será no dia 17 (terça-feira) no Museu Histórico às 19h30min.

Também fazem parte da programação exposições, saraus, roda de samba e mostra de dança e jantar. Toda a comunidade é convidada a participar.



Exposição dos trabalhos das Escolas Rede Municipal de Itajaí da V Semana Consciência Negra no Hall entrada da Biblioteca Pública Municipal "Silveira Júnior" de 16 a 23 de novembro.

V Semana Consciência Negra

O “Dia da Consciência Negra” é comemorado em 20 de novembro no Brasil e é dedicado à reflexão sobre a inserção do negro na sociedade brasileira e suas contribuições na construção do país. A data foi escolhida por coincidir com o dia da morte de Zumbi dos Palmares, em 1695.

Através de uma reinvidicação do Movimento Negro Unificado, Zumbi vira Herói Nacional pela Lei 9.135 de 20 de novembro de 1996 e em 9 de janeiro de 2003 através da Lei 10.639 o 20 de novembro se torna o “Dia da Consciência Negra”.

A Prefeitura Municipal de Itajaí através da Secretaria de Relações Institucionais e Temáticas, Secretaria Municipal de Educação, Fundação Cultural e Fundação Genésio Miranda Lins, dedica uma semana do mês de novembro, e também nas atividades cotidianas, para debater e refletir sobre as diferenças culturais raciais e a importância dessa diversidade no processo de construção de nosso país, estado e comunidade.

Neste ano, a V Semana da Consciência Negra, iniciou no no domingo (15) às 9h com a Festa da Nossa Senhora do Rosário na igreja São João Batista.

Entre as novidades desta edição está o I Seminário Municipal sobre Consciência Negra, promovido pela Fundação Genésio Miranda Lins e ministrado pelo Profº Dr. Rossano Lopes Bastos. O seminário será no dia 17 (terça-feira) no Museu Histórico às 19h30min.

Também fazem parte da programação exposições, saraus, roda de samba, mostra de dança e jantar. Toda a comunidade é convidada a participar e valorizar esta cultura tão rica.

A valorização e o reconhecimento da Cultura negra!

sábado, 14 de novembro de 2009

Resultados do 4º Salao dos Novos de Itajaí


Críticos selecionam trabalhos para o 4º Salão dos Novos

Comissão de críticos que analisou as propostas enviadas para o 4º Salão dos Novos Cidade de Itajaí selecionou 14 dos trabalhos inscritos para a Mostra. A comissão foi composta pela Dra. Nadja de Carvalho Lamas - Coordenadora do Programa Institucional de Extensão Arte na Escola (Universidade da Região de Joinville - UNIVILLE); Msc. Lygia Helena Roussenq Neves - Administradora do Museu de Arte de Santa Catarina – MASC e Maria Regina Giacomini - Membro da Associação Internacional dos Críticos de Arte – AICA.

As propostas foram avaliadas com base nos critérios de Atendimento ao que foi pedido no edital do salão; Contemporaneidade; e Relação entre a proposta e o resultado apresentado. Os autores das propostas selecionadas terão que entregar suas obras entre os dias 25 de novembro a 04 de dezembro para que possam fazer parte da mostra.

A abertura do 4° Salão dos Novos Cidade de Itajaí foi adiada, e será no dia 10 de dezembro, às 19h, na Galeria Municipal de Arte da Fundação Cultural de Itajaí. O objetivo do Salão dos Novos é incentivar quem está iniciando sua produção artística, descobrindo assim novos talentos brasileiros. A mostra é destinada às categorias desenho, pintura, escultura, fotografia, gravura, instalação, objeto, performance e vídeo-arte.

Abaixo lista dos autores que tiveram suas propostas selecionadas:

1- Adrian Herberto Gúzman
2- Cibele Eschner Lin
3- Felipe Martin de Góes
4- Fernando Pereira da Silva
5- Flora Lindote
6- Iná Gonçalves
7- Jader Luiz Rama
8- Lolita Mello
9- Lucas Sielski Kinceler
10- Marcelo Cardoso Estork
11- Marcos Eduardo Schaefer
12- Mariana Leite
13- Rosiane Peres
14- Thiago Araújo Magalhães

fonte:www.fundacaoculturaldeitajai.com.br

postagem secretaria do COMUC

sexta-feira, 13 de novembro de 2009

SEMANA CONSCIENCIA NEGRA 15 a 20 novembro

A Festa de Nossa Senhora do Rosário, tem início dia 15 de novembro, as 09:00 horas na Igreja de João João Batista, do bairro São João em Itajaí e segue durante todo dia.

SQUER SABER MAIS SOBRE A TRADIÇÃO DA Festa do Rosário
acesse http://contandoecantandohistorias786.blogspot.com/



A Festa abre a programação da V Semana da Consciência Negra, que tem por tema:
“A Valorização e o Reconhecimento da Cultura Negra”



sobre Festa do Rosário acesse http://contandoecantandohistorias786.blogspot.com/

ainda os seguintes eventos:



sobre Festa do Rosário acesse http://contandoecantandohistorias786.blogspot.com/

Recital Piano no Teatro Municipal



Catarinarte apresenta o Pianista Guilherme Amaral, um dos músicos mais talentosos da nova geração catarinense, realizando mais dois recitais de piano solo no mês de novembro. Dia 17/11 em Itajaí , no Teatro Municipal de Itajaí, as 20:00 e dia 19/11 em Florianópolis, as 20:30 no Teatro Alvaro de Carvalho. Ambas apresentações serão com ENTRADA FRANCA.

A série de apresentações foram viabilizadas através do FUNCULTURAL. A Direção Musical é de Alexandre Dietrich e a produção Cultural é de Lourcley Silvestre.

Guilherme Amaral é Mestre em Música - Prática interpretativas - Piano pela UDESC e Bacherel em Música - Piano também pela UDESC e tem atuado como concertista em diversos programas com a Camerata Florianópolis, como o Concerto para piano em Fá menor e o Concerto para 2 Cravos em Dó menor de J. S. Bach, junto com o cravista Marcos Holler, o Concerto Duplo para Violino e Piano de Felix Mendelssohn, com a violinista Patrícia Hammes e o Concerto para Piano e Violino de Ernst Chausson, com Vinicius Ferreira Amaral ao violino.

No programa do Recital Guilherme Amaral apresentará obras de apurada técnica pianística como a famosa Sonata "Tempestade" de Ludwig Van Beethoven, sendo a inspiração de Beethoven para compôr esta obra "A Tempestade" de William Sheakspeare. Uma série de estudos de Chopin, escolhidos especialmente para o recital, além da famosa Fantasia Impoviso também de Frederic Chopin. Para finalizar o recital, Guilherme Amaral apresentará obras de Maurice Ravel.

O recital foi concebido enfatizando o caráter didático e interativo trazendo informações curiosas sobre as músicas e os compositores. Através do recital didático estaremos estaremos estimulando a vivência e o gosto pela arte musical, assim como popularizando a música erudita em boa parte do publico alvo, visando a formação pláteia e futuros apreciadores da música.

Guilherme Amaral iniciou seus estudos de piano erudito em Florianópolis, em 1990, com o professor Álvaro G.V. da Silva. Em 1998 estudou na Alemanha como intercambista, com a professora Fr. Christiane Ast. Atualmente é Mestre em Música (Práticas Interpretativas – Piano), pela UDESC – Universidade do Estado de Santa Catarina, onde foi orientado pela professora Dra.Maria Bernardete Castelán Póvoas. Classificado em primeiro lugar para ingresso neste curso, Guilherme realizou o curso de Mestrado com Bolsa da CAPES. Apresentou solos de concertos como o Concerto para piano em Fá menor e o Concerto para 2 Cravos em Dó menor de J. S. Bach, junto com o cravista Marcos Holler, o Concerto Duplo para Violino e Piano de Felix Mendelssohn, com a violinista Patrícia Hammes e o Concerto para Piano e Violino de Ernst Chausson, com seu irmão Vinicius Ferreira Amaral ao violino.
Durante sua formação participou de cursos de aperfeiçoamento com renomados professores, tais como Nehama Patkin (Austrália), Luiz Henrique Senise, Eduardo Monteiro, Ney Fialkof, Eva Maria Alexandre, Fernando Lopes, Huub de Leew (Holanda), Eudóxia de Barros Lacerda , Marcelo Bratke, Eduard Shulkin (Alemanha), Cristina Ortiz e Alexander Mindoyants (Rússia).
Foi classificado em concursos de piano como o Concurso Estadual de Piano (SC, 1994) – 3o lugar, Concurso Jovens Intérpretes (SC, 1996) – 2o lugar, Concurso Nacional Performance (1995) – 2o lugar, Concurso Latino-Americano Art Livre (SP, 1997) - entre os 5 finalistas, Concurso Nacional Madga Tagliaferro (SP, 2000) - entre os 5 finalistas, Concurso Nacional Art Livre (SP, 2003) – 3o lugar, Concurso Latino Americano de Duos de Câmera Rosa Mística (PR, 2004) – 1o lugar e Concurso Latino Americano Rosa Mística de Piano Solo (PR, 2004) – 2o lugar. Em 2006 foi vencedor nas categorias Piano Solo e Duo com Piano, do Concurso Jovem Destaque realizado no Fórum de Cultura e Ciência da UFRJ, no Rio de Janeiro, recebendo como prêmio um recital solo e com o duo (juntamente com seu irmão Vinicius Ferreira Amaral – violino) na série “Música no Fórum”.
Apresentou-se na Alemanha em 2003 e 2005, convidado por Albert Schürmann, integrante do Rotary Club Münster e participou da Turnê Européia da Camerata Florianópolis em 2005, apresentando-se na Espanha, França e Alemanha. Participa ainda, como pianista correpetidor, cravista, camerista e solista, de apresentações e palestras a convite da Pró-Música de Florianópolis, da UDESC e outras instituições.
Participa ainda, como pianista correpetidor, cravista, camerista e solista, de apresentações e palestras a convite da Pró-Música de Florianópolis, UDESC e outras instituições. Em 2006, ministrou um seminário sobre as particularidades da execução ao piano e ao cravo do repertório de transição do período barroco para o clássico, a convite do professor Maurício Zamith, do Departamento de Música da UDESC. Em agosto deste mesmo ano executou um recital didático a convite do professor João Titton (Departamento de Música – UDESC) para os alunos da disciplina Instrumento-Atividade Artística.

Recital do Pianista Guilherme Amaral
Dia: 17 de novembro - terça
Horário: 20:00 horas
Local: Teatro Municipal de Itajaí
ENTRADA FRANCA

Dia: 19 de novembro - Quinta
Horário: 20:30 horas
Local: Teatro Alvaro de Carvalho
ENTRADA FRANCA

Direção Musical: Alexandre Dietrich
Produção: Lourcley Silvestre
CONTATOS: 48-91457060

Cia de Dança Ama promove espetáculo no Teatro Municipal

Nesta quinta (12) e sexta-feira (13), a Cia de Dança Ama, de Joinville, promove no Teatro Municipal de Itajaí o espetáculo “Amarras”. As apresentações iniciam às 20h30min e os ingressos custam R$10,00 (inteira), R$5,00 (meia), para estudantes, terceira idade e quem levar um quilo de alimento não perecível, também paga metade.

Amor e poesia constituem a temática deste espetáculo que é inspirado na obra “Do Coração e suas Amarras”, do poeta e escritor João de Jesus Paes Loureiro, em conexão com músicas de Win Mertens, Cliford Gurdin e Nelson Gonçalves. Seguindo a linha coreográfica da AMA, a poesia da dança fica explícita neste trabalho e é sedimentada pelas tramas do amor e pelas amarras de lembranças, que perduram e atravessam o tempo.

Associação de Artistas Plástivos de Itajaí visita a 7ª BIENAL DO MERCOSUL


7ª Bienal do Mercosul


De 16 de outubro a 29 de novembro


Porto Alegre/RS




AAPI/Associação de Artistas Plástivos de Itajaí/SC, segue dia 13 de novembro ruma a capital gaúcha em viagem exploratória à Bienal do Mercosul, maior eventos das Artes Visuais do sul do país.




7ª Bienal do MercosulDe 16 de outubro a 29 de novembroPorto Alegre/ RSA 7ª Bienal do Mercosul começa em março de 2008, com o lançamento de um processo inédito para seleção do curador-geral. O concurso, aberto a profissionais de todo o mundo, recebeu 67 propostas para avaliação, vindas de candidatos de mais de 20 países. O método adotado marcou uma nova etapa evolutiva da Bienal do Mercosul, tornando mais dinâmica e transparente a escolha do curador.A proposta escolhida, assinada pelos curadores Victória Noorthoorn e Camilo Yáñez, atendeu às metas da Fundação Bienal do Mercosul:• Foco na contribuição social, buscando reais benefícios para os seus públicos, parceiros e apoiadores;• Contínua aproximação com a criação artística contemporânea e seu discurso crítico;• Transparência na gestão e em todas as suas ações; • Prioridade de investimento em educação; e,• Estabelecimento da Bienal como referência nos campos da arte, da educação e pesquisa nessas áreas.Em linhas gerais, Noorthoorn e Yáñez propuseram um conceito de bienal que determina uma participação efetiva dos artistas que a compõem, valendo-se de sua energia criativa para refletir sobre o papel que representam. O projeto envolve os artistas na própria concepção da Bienal: considerados como atores sociais e constantes produtores de sentido crítico, os artistas serão responsáveis por conceituar formatos de exibição, o projeto pedagógico e as políticas editoriais do evento.A equipe curatorial da 7ª Bienal do Mercosul está integrada pelos seguintes curadores:Curadores-gerais: Victoria Noorthoorn (Argentina) e Camilo Yáñez (Chile)Curadora pedagógica: Marina De Caro (Argentina)Curadores adjuntos: Roberto Jacoby (Argentina), Artur Lescher (Brasil), Mario Navarro (Chile) e Laura Lima (Brasil)Co-curadora Radiovisual: Lenora de Barros (Brasil)Curadores editoriais: Erick Beltrán (México) e Bernardo Ortiz (Colômbia)A 7ª Bienal do Mercosul é uma plataforma aberta de comunicação sobre o estado das artes mais experimentais e críticas do continente, em diálogo com o mundo. Para a Fundação Bienal do Mercosul, esta Bienal vai promover ações pensadas para envolver o público em um processo contínuo de aproximação e diálogo, abrindo espaço para que as contribuições da Bienal à comunidade sejam positivas e crescentes a cada edição. Este contínuo projeto de renovação e ampliação se constitui num enorme investimento, cujos resultados não se restringem ao presente, mas serão percebidos também no futuro.




Programação através do sitio http://www.fundacaobienal.art.br/




7ª Bienal do Mercosul

De 16 de outubro a 29 de novembroPorto Alegre/RS

HoráriosDe terça a domingo Das 09:00 as 21:00 horas

Entrada Franca Locais e endereços:

Armazéns do Cais do Porto Av. Mauá, 1050 (entrada A3 e A4) -

CentroSantander Cultural Rua Sete de Setembro, 1028 -

CentroMARGS – Museu de Artes do Rio Grande do SulPraça da Alfândega, s/nº - Centro


postagem Cláudia Regina Telles
Artista Associada – responsável pela Comunicação

--
AAPI/Associação de Artistas Plástivos de Itajaí/SC
Rua Aurora Tabalipa, São João
Itajaí - SC - CEP 88304-290
aapi.artes@gmail.com
http://associacaoartistasplasticositajai.blogspot.com/

quinta-feira, 12 de novembro de 2009

PROGRAMAÇÃO SESC PARA NOVEMBRO

ENCONTRO INTERNACIONAL DE PALHAÇOS
PROGRAMAÇÃO SESC – ITAJAÍ

Espetáculo: “Brincadeiras de Circo”
Grupo: Circo Teatro Artetude (DF)
Classificação Etária: Livre
Local: em frente a Casa de Cultura Dide Brandão
Data: 20/11 (sexta-feira)
Horario: 17h
CIRCO TEATRO ARTETUDE (DF) - Grupo formado pelos irmãos Ankomárcio e Ruiberdan Saúde, voltado para o resgate da linguagem de teatro de rua, do circo e do “brincar” popular. Desenvolvem treinamentos e espetáculos baseados em elementos tradicionais da cultura popular. Participaram de projetos como: Protetores da Vida (Programa Nacional de Educação Ambiental 2000/2002), Pronto-Sorriso (atendimento de doutores palhaços em hospitais 2002/2003), Safari das Artes 2003, (Circulando o DF), SESC Fest Clown (Festival Internacional de Palhaços 2003/2004), SESC Esquete Show 2004.
ENTRADA FRANCA
Espetáculo: “INTERmezzo”
Grupo: Teatro de Anônimo (RJ)
Classificação Etária: 12 anos
Data: 21/11 (sábado)
Horario: 11h
Local: em frente a Casa de Cultura Dide Brandão
Teatro de Anônimo (RJ)
A partir de seu repertório de espetáculos, o Teatro de Anônimo criou Intermezzo, um espetáculo modular multifacetado, que poderá atender às mais diversas ocasiões espaços cênicos e faixas etárias. Intermezzo é um espetáculo circense que explora principalmente a linguagem da comicidade, utilizando técnicas como magia, acrobacia, dança, equilíbrio e acrobacia aérea como trapézio, tecido, lira, corda indiana, etc.
No palco, os atores brincantes do Teatro de Anônimo se revezam numa seqüência de cenas clássicas que primam pela versatilidade, pelo jogo aberto com o espectador e pela simplicidade.
Como as trupes de saltimbancos, eles abrem suas canastras e instauram, onde quer que estejam, o espaço da alegria, da brincadeira e da fantasia.
ENTRADA FRANCA
EXPOSIÇÃO:

“Escritas Femininas: dos bordados às agendas”

Local: espaço SESC de Arte Contemporânea (SESC – Itajaí)
ABERTURA: 18/11 – quarta-feira
Período da Exposição: 18/11 – 18/12/2009



Exposição “Escritas Femininas: dos bordados às agendas”
“um cruzamento de iconografias na superfície plana da representação”
O Trabalho de Cláudia Regina Telles encontra na pintura apenas uma de suas possibilidade de encarnação, na medida em que toda sua vida é entendida como uma construção de expressões subjetivas potencialidades como linguagem.
(...)
E assim acontece o trabalho que apresentou no Pretexto: um cruzamento de iconografias na superfície plana da representação.
(texto do catálogo Pretexto Pintura – Itajaí/2007) / Fernando Lindote

MARATONA DE LEITURA

Período: 23-27/11/2009

Local: SESC-ITAJAÍ

Horário de início: 19h – 22h

LIVRO: Matéria de Poesia (Manoel de Barros)


As Pessoas de Minha Pessoa

Datas:27, 28 e 29/11

Local: Museu Histórico de Itajaí

Horário: 21h

Atuação: Valentim Schmoeler / Direção: Rafael Orsi de Melo

Apoio Cultural: SESC-Itajaí

Sinopse:

“Viver não é necessário, o que é necessário é criar”

A vida e da obra do maior poeta do século XX, Fernando Pessoa, e seus heterônimos mais famosos são colocados em cena. O camponês, auto didata, poeta da natureza e seu grande mestre, Alberto Caeiro. Álvaro de Campos, sendo modernista, futurista, sensacionalista, se mostra revoltado em seus poemas. Coma sabor de clássico, vem o erudito Ricardo Reis, do paganismo e das odes horacianas. Fernando foi um grande criador de mitos, viveu vários deles, durante seu tempo... Poeta e Filósofo, assim se definia. Porém o mundo Literato o define como: moderno e clássico, nacionalista e místico, revolucionário, materialista e panteísta. “Um criador de Anarquias”

“Tudo vale a pena se a alma não é pequena”

BAÚ DE HISTÓRIAS

Histórias Daqui e de Lá
As Meninas do Conto (SP)

Data: 28/11 – sábado

Faixa etária: de 5 a 11 anos
Duração: 50 minutos

Local: SESC – ITAJAÍ (Av. Marcos Konder, 888)

Horário de início: 16H

Sinopse:

“Histórias Daqui e de Lá” é o novo espetáculo do Grupo As Meninas do Conto, que há quinze anos pesquisa a arte do contador de histórias. O grupo tem reconhecimento tanto do público como da crítica e já recebeu diversos prêmios por seus trabalhos.
O espetáculo “Histórias Daqui e de Lá” reúne diversos contos populares do mundo inteiro. Nele, duas contadoras narram as histórias utilizando objetos, figurinos e adereços trazendo ao público o aspecto lúdico da narração. O espetáculo é entremeado por músicas, brincadeiras e suaves pontuações percussivas.

CURSOS

MUSICALIZAÇÃO INFANTIL

TODAS AS QUINTAS-FEIRA DAS 17h30 ÀS 19H

Musicalizar é basicamente um processo de construção do conhecimento, que procura desenvolver o gosto pela música.

Neste processo, diversas atividades são trabalhadas, promovendo uma série de benefícios favorecendo o desenvolvimento da inteligência musical, que é caracterizada pela habilidade para reconhecer sons e ritmos, gosto de cantar ou tocar um instrumento musical. Com isso, reforçamos a responsabilidade dos pais, principalmente, em incentivarem atividades musicais com seus filhos.

CURSO DE STRET DANCE

CURSOS - ATIVIDADE

COERCIÁRIO - CONVENIADO - EMPRESÁRIO - COMUNIDADE

VIOLÃO INICIANTE E INTERMEDIÁRIO - Prof. Luciano

GUITARRA INICIANTE E INTERMEDIÁRIO - Prof. Luciano

VIOLÃO INICIANTE - Prof. Giovanni

TECLADO INICIANTE E INETRMEDIÁRIO - prof. Giovanni

MUSICALIZAÇÃO (crianças de 06 a 12 anos)

STREET DANCE

Setor de Cultura e Turismo Social
SESC-Itajaí-SC
Fone: (47)3349-4096 / 9946-3388

CONSERVATÓRIO DE MÚSICA DE ITAJAÍ

O Conservatório de Música Popular Cidade de Itajaí foi instalado em fevereiro 2007. Numa parceria da Fundação Cultural com a Unicamp, o Conservatório oferece um curso de caráter técnico, com duração de três anos, gratuito aos alunos.
O Conservatório tem o papel de propiciar uma formação continuada, preparando os músicos para o mercado de trabalho e possibilitando o ingresso nas melhores faculdades de música.



A Unicamp, responsável pela grade curricular e seleção dos alunos e professores, monitora o desenvolvimento o curso. Mensalmente os professores Francisco de Assis Santana Mestrinel e Pablo Y Castro vêm a Itajaí ministrar aulas e regularmente o Professor Dr. Rafael dos Santos, vem avaliar o Conservatório.



Desde setembro de 2007, sob o comando do músico instrumentista Evandro Hasse, está em formação a Big Band do Conservatório, que a partir de 2008 divulgará Itajaí em vários locais do estado e do Brasil.

Inicialmente o Conservatório foi instalado na Casa da Cultura Dide Brandão e desde outubro funciona na nova sede, localizada na Rua Eurico Adam, nº 117, Centro.

A partir DE 2009, o Conservatório de Música Popular Cidade de Itajaí passa a funcionar em novo endereço, já que a antiga casa estava em condições precárias e o espaço físico era pequeno para atender a demanda. A nova sede fica na Rua Felipe Reiser, 200, no bairro São João, tem espaço amplo e bem localizado para melhor atender os alunos, que chegam a 180, somando as turmas em andamento e a que inicia.

O Conservatório de Música é um estágio intermediário para o bacharelado em música, com objetivo de formar músicos em três anos. São nove opções de cursos: piano, violão, bateria, percussão, guitarra, contrabaixo, flauta, saxofone e canto popular, com trabalho voltado principalmente para música popular, com aulas teóricas e práticas.




Inscrições para ingresso no Conservatório de Música Popular Cidade de Itajaí em 2010 encerram em novembro

Os interessados em participar do Processo Seletivo para ingresso no Conservatório de Música de Itajaí em 2010 têm até o dia 27 de novembro para fazer sua inscrição. Podem participar músicos com idade mínima de 15 anos, que possuem proficiência nos instrumentos violão, guitarra, contrabaixo elétrico, piano, saxofone, flauta transversa, bateria, percussão e canto. As inscrições podem ser feitas direto na sede do Conservatório, localizado na Rua Felipe Reiser, 200, São João.

As vagas são limitadas, sendo três para cada período: matutino, vespertino e noturno nas nove opções de cursos. A lista dos documentos necessários e o edital podem ser retirados no Conservatório ou no site da Fundação, www.fundacaoculturaldeitajai.com.br.

O Processo Seletivo constitui-se de três etapas, incluindo a Prova Teórica de Estruturação Musical, que identificará o nível de conhecimentos musicais, a Prova Prática de Habilitação Específica e uma Entrevista. O resultado será divulgado no dia 11 de janeiro de 2010, com os nomes afixados no mural do Conservatório.

O Conservatório de Música Popular Cidade de Itajaí oferece cursos de instrumentos e canto, visando formar músicos que tenham proficiência no instrumento, domínio de diversos estilos e equilíbrio entre conhecimento prático e teórico. Os cursos têm duração de três anos e meio, e as admissões de alunos ocorrem anualmente após aprovação de Processo Seletivo. Sua formação permite que possam atuar profissionalmente no mercado de trabalho na área da música.

Conservatório de Música Popular Cidade de Itajaí: (47) 3344 - 3895

Renata Furlanetto
Jornalista DRT SC 02836-JP
FCI - Fundação Cultural de Itajaí

(47) 3349-1516
(47) 9911-7765
www.fundacaoculturaldeitajai.com.br

quarta-feira, 11 de novembro de 2009

1ª Coletiva de Autógrafos de Escritores realizada em 07 de novembro de 2009

Prezados,

Gostaria de agradecer a todos por terem comparecido no último dia 07 de novembro no Angeloni, para prestigiar o lançamento do meu livro Sobre O Amor e Outras Histórias, além do lançamento da antologia Invasão (que tem participação dos meus amigos Edmar Souza Júnior e Rômulo Mafra) e da 1ª Coletiva de Autógrafos de Escritores Itajaienses.
Espero que todos tenham apreciado o momento.



Agradeço aqui especialmente a Claudia Regina Telles, que não mediu esforços para tornar o evento um sucesso. (lembrando que dia 10/11) as 18:00Hrs na Biblioteca Central da UNIVALI , abre a exposição Cartografias desta minha querida amiga). Agradeço também a jornalista Simone Castro que moveu a mídia para que fosse divulgado o evento. Brigadão mesmo Simone - sei que fisicamente por força maior não estavas presente, mas, nossos corações estavam preenchidos pela sua lembrança.



Também quero agradecer a escritora e poetisa Carla Marinho (Recife) que deu a maior força para que esta coletânea de poemas virasse livro. Sem você teu incentivo Carlinha, nunca teria tido coragem de publicar meus poemas.
Minha eterna gratidão aos poetas Nillson Weber e José Wilmar Pereira
e ao escritor e mestre Álvaro Castro pelo incentivo e presença, Edmar Souza Júnior e meu amigão Itamar da Silva.
Agradeço também a revista Sopa de Siri por ter divulgado o evento, bem como o lançamento do meu novo livro. Assim como ao Clube dos Autores e a Câmara Brasileira de Jovens Escritores pela divulgação nas últimas semanas



Aproveito o momento para comunicar três notícias que muito me alegraram.
Em primeiro, na última sexta-feira. Recebi o resultado final da escolha dos melhores poemas do ano editados pela CBJE (novembro de 2008 à novembro de 2009). Foram selecionados 50 poemas entre quase 15.000. Sendo que, 4 destes 50 colocados foram itajaienses, a saber: Geremias Moretto (Caras máscaras ou máscaras caras), Jorge da Costa Neves (Pétalas do coração), José Wilmar Pereira (Nosso Amor) e Ricardo Steil (Sei do Teu Novo Amor). No sábado o poeta e escritor José Wilmar Pereira foi agraciado com o prêmio Vozes de Aço, ficando entre os cinco primeiros colocados com o poema: Mulher.



Para terminar, soube hoje que, fui agraciado com o II Prêmio Literário Canon de Poesia. Este concurso torna-se-a uma antologia a ser lançada no dia 14 de dezembro de 2009, às 19 horas, na Casa das Rosas, em São Paulo.
Tirei diversas fotos do evento no sábado. Como não tenho mas orkut - visto problemas pessoais com ex-namorada - criei uma pasta com as mesmas no picasa, que os amigos poderão acessar através do link: http://picasaweb.google.com/ricardosteil

Agradeço novamente e todos. Boa semana,

Ricardo Steil

Segunda-feira, 9 de Novembro de 2009 15:11 enviado por Ricardo Steil
Por por Câmara Setorial Literatura Itajaí/COMUC